Conteúdo externo

O seguinte conteúdo vem de parceiros externos. Nós não podemos garantir que esse conteúdo seja exibido sem barreiras.

Coldplay, led by frontman Chris Martin (R), has long been active on humanitarian causes

(afp_tickers)

A banda britânica Coldplay homenageou a contribuição de imigrantes aos Estados Unidos, no videoclipe de sua nova música, "Miracles (Someone Special)".

Sem nenhuma referência clara ao presidente americano Donald Trump e sua política migratória, a banda deixou claro que a história dos Estados Unidos vai além da influência europeia.

O vídeo começa com uma parede repleta de fotos antigas. O plano foca em imigrantes chegando em Ellis Island, a estação no porto de Nova York, que registra a ascendência de 40% dos americanos.

O clipe intercala imagens em sépia de imigrantes europeus com novos americanos de outras origens, como uma família de sikhs de turbante.

O rapper Big Sean participa da canção, fazendo versos sobre a dificuldade de levar uma vida financeiramente estável nos Estados Unidos atualmente.

O vídeo foi divulgado no fim de semana, após a canção aparecer no EP "Kaleidoscope", lançado na última sexta.

No começo deste mês, a banda britânica tinha lançado a faixa "Aliens" após se apresentarem no festival Global Citizen, que visa o fim da pobreza extrema, à margem da cúpula do G20 em Hamburgo.

A banda disse que o lucro de "Aliens" será destinado a uma instituição de caridade que resgata imigrantes que tentam fazer a perigosa travessia do mar Mediterrâneo em direção à Europa.

AFP