A Nasa está investigando o que poderia ser o primeiro crime cometido no espaço, informou o New York Times neste sábado.

A astronauta Anne McClain é acusada de roubo de identidade e acesso irregular aos registros financeiros de sua ex-mulher a partir da Estação Espacial Internacional (ISS), onde estava realizando uma missão de seis meses, segundo o jornal americano.

A ex-mulher de Anne McClain, Summer Worden, apresentou uma denúncia este ano ante a Comissão Federal de Comércio (FTC), uma agência independente, após perceber que a astronauta havia acessado sua conta bancária sem sua autorização.

A família de Worden também apresentou uma denúncia ante a inspeção-geral da Nasa, segundo o jornal.

Para a advogada de McClain, sua cliente não cometeu nenhum crime e acessou os registros bancários enquanto estava a bordo da ISS para monitorar a conta conjunta do casal, como fazia durante a relação.

Os investigadores da agência espacial americana entraram em contato com as duas mulheres, segundo o New York Times.

Worden indicou que a FTC não havia respondido sobre o roubo de identidade, mas um investigador especializado e a inspeção-geral da Nasa estudam a acusação, afirmou o jornal.

Neuer Inhalt

Horizontal Line


Teaser Instagram

Siga-nos no Instagram

Siga-nos no Instagram

subscription form

formulário para solicitar a newsletter

Assine a newsletter da swissinfo.ch e receba diretamente os nossos melhores artigos.